Páginas

setembro 25, 2012

Porque sim...

Este é um bom post para justificar a existência deste sítio.

Primeiro porque acho graça à ideia dos blogs, já há uns bons anos, depois porque nos últimos tempos andava a apetecer-me ter um blog de qualquer coisa, só porque sim.
Mas um blog de quê andei eu a pensar, excluí algumas hipóteses como um blog de vernizes (visto ser o meu único interesse em coisas assim de maquilhagem e cuidados com a imagem) porque não me estava a ver investir dinheiro para comprar produtos novos, um blog com as minhas bolsinhas, pulseiras e cachecóis também não teve muita sorte, porque por mais graça que tenha entreter-me nos tempos livres a fazer coisas "artesanais" nunca tive jeito para as vender, sem chegar a conclusão nenhuma decidi ver se o meu fotolog ainda existia.


Sem me lembrar sequer do username pesquisei no Google e lá o encontrei com uma foto mais recente do que me lembrava. Revi alguns dos posts mais recentes e comecei a sentir o bichinho de escrever só por escrever a voltar.
Comecei aquele fotolog em plena adolescência e na verdade porque era moda na altura e ainda não havia Facebook para partilhar fotos e pensamentos. Outubro de 2004, parece que foi há 3 eternidades atrás, está quase a fazer 8 anos e tanta coisa ali está escrita. Quase diagnostiquei um lado bipolar em mim (lol) e nem reli os textos mais velhos, bastou-me ir até 2007 quando estava a começar a vida na FFUL.

Na realidade tudo se resume à FFUL e ao facto de eu ter a apresentação da monografia para fazer... É incrível como eu consigo queimar tempo com tudo o que é possível e imaginável. Desde me entreter a lavar a loiça e aspirar o chão quando tinha menos de 1 semana para entregar a monografia escrita, a procurar sites de emprego na net, a escolher um modelo e características de um carro no site da Ford e claro vasculhar o velho fotolog a ver se o poderia voltar a usar (isto tudo aliado ao facto de haver um Facebook para fazer refresh de 5 em 5 minutos).

Como se está mesmo a ver, cheguei à conclusão que não iria usar o fotolog antigo. Não foi por falta de "carinho" para com ele, porque afinal está ali grande parte da minha vida. Há momentos que dou graças aos meus neurónios por os terem ali guardados, alguns já não me lembrava deles e foram fantásticos. Na verdade muita coisa mudou, também já não publicava nada há imenso tempo. Espero fazer desde sítio um local um pouco mais sóbrio do que o outro, não que não estivesse boa da cabeça quando lá escrevia, mas porque havia dias demasiado expressivos, tanto radiantes como devastadores e dava a ideia (continua a dar) de que eu não era boa da cabeça. Isto para não falar daquela altura estúpida em que escrevia tudo com "u", "h" e "x". O peso dos 8 anos passados também dão lugar a algum bom senso (graças a Deus não é só envelhecer). Voltar a escrever num sitio que obriga a ter sempre uma foto (mesmo que não se queira), que está preto e cor-de-rosa, tem uma formatação tão limitada e que se chama "vampy_slb" (a sério Cátia Susana mas o que é que tu tinhas dentro da cabeça, aos 16 anos?) não me parecia lá muito sensato.

A verdade é que gosto de "falar sozinha", mesmo que não interesse a ninguém o que eu tenho para partilhar... E principalmente porque gosto de ter um bocadinho da minha vida "guardada" num sitio que não se perde (à partida) e que se pode voltar a ver facilmente (sem ter o trabalho de ir buscar o disco externo e ver as fotos todas, pasta a pasta).

Não faço a miníma ideia do que vou publicar nos próximos tempos, os meus planos (assim que me decidi que ia mesmo voltar a escrever, aí pelas 2h de hoje lol) eram fazer a primeira publicação depois da defesa da monografia e dos estágios, enfim publicar que era finalmente Farmacêutica. Mas não consegui esperar, a "vontade de arranjar coisas alternativas para fazer" é demasiado forte e a nostalgia de reler o que escrevi também fez o seu papel.

Vale sempre a pena relembrar os jantares de Natal, as noites de 6ªfeira passadas no estacionamento do E.leclerc, os festejos por ter concluído 10% do curso, as viagens de comboio a ver o nascer do sol, os tempos de estudo com sombras de colhinhos, com pinturas nas mãos e a ver Linkin Park no Rock in Rio por uma stream da Sic radical lol (o que eu me arrependi de ter ficado em casa naquele dia, felizmente alguém se lembrou que este era um bom ano para eles voltarem ao Rock in Rio), os aniversários da minha carta de condução, a síntese de paracetamol nas aulas de orgânica, as fotos aos cogumelos, o sempre tão grande desespero à espera das férias de verão, as férias de verão e claro a minha Joaninha.

E porque apesar de ser uma tontice tem muitas memórias boas, fica aqui o link do velhinho (e pindérico) Fotolog: vampy_slb

(E continua a ser inacreditável como este cérebro consegue escrever tanto a partir de nada e para trabalhar é o que se vê...)

Boa noite (ou se calhar bom dia).

1 comentário:

  1. Eheh olha ela a escrever de novo xD.. Vou só reforçar o q escreveste; pq sim, vale sempre recordar os jantares de Natal, e as Férias de Verão, e as 6as seja onde fosse.. Outros tempos, outras vontades e disponibilidades..

    q seja profícuo o regresso... Beijo

    ResponderEliminar

Se quiserem deixar comentário.
Qualquer opinião é sempre bem vinda ;)

Assim que puder respondo (na própria mensagem).
Muito obrigada pela visita! :)