Páginas

novembro 09, 2012

Espreitar a vida de Farmacêutico...

No fim-de-semana passado fui ao meu primeiro Congresso Nacional dos Farmacêuticos 2012, este é um congresso organizado pela Ordem dos Farmacêuticos, anualmente. Este ano, para complementar os normais 3 dias de congresso, foi realizado o 1º Simpósio Luso-Brasileiro de Farmácia, na 5ªfeira dia 1 de Novembro.

Este foi o meu primeiro "evento" enquanto farmacêutica, na realidade, quando me inscrevi (num dos meus vagueios pela internet, enquanto escrevia a tese) não sabia se poderia ir, logo 4 dias. Esperava já estar a trabalhar e por isso, não ficaria triste por não ir, uma vez que teria uma boa razão. Infelizmente ainda aqui ando, de tempo livre para ir aos congressos todos que houverem.


O simpósio foi no feriado, depois da noite de halloween, e estive mesmo para não ir. Acordar cedíssimo, apanhar "x" transportes públicos com horários de feriado, para passar um dia "sozinha" (uma vez que nenhum dos meus colegas iria lá estar, supostamente) não foi uma decisão propriamente acolhedora.


Apenas me decidi porque uma amiga minha, farmacêutica de outra faculdade, vinha de propósito a Lisboa para assistir ao simpósio e ao congresso. Aproveitei para matar saudades, (o que foi óptimo :) ), trocar impressões sobre a nossa tão recente profissão (sou farmacêutica há pouco mais de 1 mês) e o que esperamos do nosso futuro enquanto profissionais de saúde.

Este primeiro dia valeu bastante a pena :)
Custar a acordar? Custou imenso!! Mas depois até foi uma manhã bastante feliz, apesar dos transportes não serem abundantes aos feriados, consegui conjugá-los bem e ainda tive tempo para deixar passar a paragem onde devia sair e voltar para trás a pé, até ao Centro de Congressos de Lisboa, lol.
Enquanto esperava pela minha companhia, tive tempo para apreciar a vista que se tem da ponte 25 de Abril e do Cristo Rei, que é linda e mereceu uma foto (que está ali em cima).

Tipicamente português, o simpósio atrasou-se mas correu muito bem, haviam convidados um pouco de todo o mundo para conhecerem os sistemas português e brasileiro de farmácia.
Achei muito interessante saber como funcionam as coisas do outro lado do oceano, perceber que há imensas diferenças, mas no fundo todos temos o mesmo objectivo, contribuir para melhores cuidados de saúde na sociedade.
Os temas foram variando ao longo do dia e voltei para a margem sul já tinha anoitecido.
Nada melhor para terminar o dia que um jantarinho com os amigos. :)

Na 6ªfeira começou o congresso e a expofarma. Desta vez já tive companhia da minha faculdade e até tive direito a boleia :). O único "probleminha" é que Lisboa é uma cidade incompatível com os condutores, tanto nos caminhos (felizmente inventaram o GPS) como nos estacionamentos (que não custem os olhos da cara).
Lá conseguimos, por milagre, encontrar um lugar sem parquímetro pertíssimo do Centro de Congressos.
No coffe-break aproveitámos para dar um saltinho à expofarma (tal como fizemos no sábado o dia todo lol), encontrar imensa gente da faculdade, andar à caça de ofertas e amostras (prometo que vou ter paciência para mostrar algumas coisas que recebemos ;) ) beber uns cafezinhos da Nespresso, oferecidos em todos os stands e comer pipocas é sempre bom.

Terminámos a 6ªfeira com um belo jantar no forúm Almada, claro que aproveitei para ir ao sushi :P

Sábado dia de chuva...dificultou-nos bastante a vida mas lá andámos, de painel em painel, com intervalos na expofarma ou para ir almoçar.
A grande maioria dos assuntos eram interessantes, mas outros eram iguais aos que ouvíamos nas conferências da FFUL.
O orador mais brutal que já vi foi o Miguel Gonçalves, no painel do Empreendorismo. Um discurso indescritível com uma força de nos fazer lutar pelo futuro. Procurem vídeos no Youtube e vão perceber  o que estou a dizer ;) (Vale mesmo muito a pena ouvi-lo).


E foi assim que presenciei um de muitos congressos da OF, pois, para quem não sabe, temos de ir renovando a carteira profissional através de créditos. Esses créditos são ganhos pela presença em workshops, conferências, congressos e outros eventos do género. A finalidade "desta obrigação" é irmo-nos mantendo a par das novidades na área da saúde em geral e do panorama da nossa profissão em particular.

Fico contente por estes incentivos à actualização e pelo empenho da OF em tentar arranjar soluções perante a crise actual. Gostei de assistir ao meu primeiro congresso só falta mesmo encontrar o meu primeiro emprego na área...


Peço desculpa pelo "testamento", eu realmente não tenho noção de quando escrevo muito :/


Boa noite,

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se quiserem deixar comentário.
Qualquer opinião é sempre bem vinda ;)

Assim que puder respondo (na própria mensagem).
Muito obrigada pela visita! :)